Ação humanitária na estiagem em Manaus

Ação humanitária na estiagem em Manaus

Em uma semana, uma força-tarefa da Águas de Manaus levou água tratada para mais de 1,5 mil pessoas em comunidades ribeirinhas do Amazonas. O trabalho integra a Operação Estiagem, realizada pela Prefeitura de Manaus e com a participação da concessionária.

A ajuda é essencial para moradores enfrentarem a grave estiagem. A combinação climática desfavorável está secando os rios da Amazônia – é a pior seca do Rio Amazonas e a mais severa em Manaus em 121 anos. O setor industrial decretou férias coletivas pela gravidade da situação.

Momento de solidariedade

Colaboradores de todos os setores da empresa participam da mobilização, que teve início no dia 02 de outubro. 

Para a empresa, que tem forte atuação em áreas mais vulneráveis, é um momento de solidariedade e algo que vai de encontro com o entendimento de que saneamento não se resume a obras, também é levar dignidade à população.

Água com controle de qualidade

A água distribuída aos moradores sai das estações de tratamento que ficam no Complexo de Produção da Ponta do Ismael, estrutura que abastece 80% da capital amazonense. O líquido passa por um minucioso controle de qualidade, o mesmo que garante que a água que chega à zona urbana da cidade esteja dentro dos padrões estabelecidos pelo Ministério da Saúde.

No último fim de semana, o abastecimento chegou a quatro comunidades ribeirinhas do Puraquequara: São Francisco de Mainã, Menino Jesus, João Paulo e Santa Luzia. As equipes da Prefeitura e do Conselho Tutelar também entregaram kits de higiene e cestas básicas às famílias.

Pular para o conteúdo