Agosto Lilás: proteção à mulher contra todo tipo de violência

Agosto Lilás: proteção à mulher contra todo tipo de violência
Texto: Rosiney Bigattão

Aegea integra o movimento dos meses coloridos e dedica agosto para conscientizar sobre a importância de proteger as mulheres contra todo tipo de violência: física, verbal e emocional.  

O Agosto Lilás quer enfatizar que todos e todas devem ser respeitadas, independente do gênero, da cor da pele e das escolhas feitas. O movimento tem o apoio dos times de EHS e do Respeito Dá o Tom, o programa de igualdade e diversidade da Aegea.

O movimento dos meses coloridos na Aegea vai até dezembro e, a cada mês, o trabalho será voltado à conscientização da necessidade dos cuidados relacionados à saúde, segurança, bem-estar e qualidade de vida.

Proteção respaldada por lei

No Brasil, a campanha Agosto Lilás tem o respaldo da lei para o enfrentamento à violência doméstica e familiar contra a mulher.  A Lei 14.448/2022 entrou em vigor no ano passado.

A norma estabelece que a União, os estados e os municípios devem promover ações de proteção às mulheres em situação de violência e de conscientização sobre as diferentes formas de violência contra a mulher durante o mês de agosto. Em referência à campanha, prédios públicos são  iluminados com a cor lilás.

Em Mato Grosso do Sul, existe uma lei estadual, a de número 4.969, desde 2016, que foi instituída para comemorar os 10 anos da Lei Maria da Penha.

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Pular para o conteúdo