Águas de Valadares assume com compromisso de universalizar os serviços de esgoto em nove anos

Águas de Valadares assume com compromisso de universalizar os serviços de esgoto em nove anos
Texto: Luana Ribeiro

Governador Valadares (MG) tem uma nova empresa de serviços de abastecimento de água tratada e esgotamento sanitário. É a Águas de Valadares, que iniciou as operações na segunda-feira, 1º de abril.

O foco é promover obras de infraestrutura, melhorias nos sistemas, manutenção e operação dos serviços de saneamento básico de Governador Valadares, beneficiando mais de 250 mil pessoas.

Universalização dos serviços e redução de perdas de água

O contrato de concessão dos serviços foi assinado no dia 22 de março,  no Auditório Luiz Franco, na Prefeitura de Governador Valadares. Minas Gerais é o 15º estado em que a Aegea atua.

A cidade não tem tratamento de esgoto e a nova empresa assume o compromisso de universalizar os serviços de coleta e tratamento, passando dos 0% atuais de índice de cobertura para 100%, em 9 anos.

Outra meta é promover a universalização dos serviços de abastecimento de água com qualidade, além de reduzir as perdas de água para 25%.

Investimentos de R$ 1,3 bilhão

Com os desafios assumidos, segundo a direção da nova unidade, o compromisso é promover vidas mais dignas e saudáveis, com respeito ao meio ambiente, por meio do saneamento básico.

“Nosso propósito é melhorar a qualidade de vida da população por meio de água tratada de qualidade, além da coleta e tratamento de esgoto”, afirma o diretor-presidente da concessionária, Erich Wyatt.

O contrato foi assinado pelo vice-presidente da Regional 1 da Aegea, Guillermo Deluca, da qual faz parte a Águas de Valadares. O prefeito, André Merlo, participou da solenidade de assinatura que formalizou a vitória da Aegea no leilão realizado em 30 de novembro, na B3, em São Paulo.

“Demos um passo importante para cumprir o Novo Marco Legal, que determina que todas as prefeituras tratem o esgoto até 2033. A Aegea vai investir R$ 1,3 bilhão nos próximos anos, resolvendo o saneamento básico e contribuindo para o desenvolvimento para a cidade e região”, disse.

Primeiros resultados após 100 dias

Os resultados da nova operação devem ser percebidos após os primeiros 100 dias de concessão, segundo o VP Guillermo Deluca.

“Vamos dar uma verdadeira virada no abastecimento de água, com redimensionamento de tubulação, troca de bombas, melhorias operacionais na estação de tratamento de água, enfim, uma série de medidas que serão feitas em breve. Além disso, os equipamentos estão chegando para somar ao trabalho da equipe, que vai começar os serviços de tratamento de água e as obras de construção das redes”, explicou.

Minas é o 15º estado em que a Aegea está presente

A Aegea atende a mais de 31 milhões de pessoas e agora passa a atuar em 507 municípios. A chegada da Aegea em Minas Gerais, que é o segundo Estado mais populoso do Brasil, demonstra a expertise da companhia em atuar em localidades de diferentes dimensões. “São populações que variam de três mil a 6,8 milhões de habitantes, se adaptando aos muitos “Brasis”, com um modelo de negócio transparente e ético, atrelado à nossa eficiência operacional, investimentos responsáveis e cumprimento de metas”, afirmou Deluca.

Pular para o conteúdo