Desafio de abastecer na seca

Investimentos oferecem mais qualidade na operação do sistema de abastecimento de água em Poconé 

O trabalho da Águas de Poconé garantiu importantes resultados para o abastecimento no município mesmo diante da pior seca da história na região. Há anos o período de chuva vem diminuindo, acarretando danos ao meio ambiente, aos produtores rurais e também à população. Em 2020, a prefeitura chegou a decretar estado de emergência por conta da estiagem. Apesar das chuvas registradas no início do ano em Mato Grosso, Poconé (localizado a 95 km de Cuiabá) continua sentindo o impacto da seca. A previsão de especialistas e autoridades públicas é a de agravamento nas próximas temporadas de estiagem.

“Os eventos extremos vão se acentuar. As secas e as inundações vão ficar cada vez mais intensas”, declarou o superintendente de Operações e Eventos Críticos da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA), Joaquim Guedes Corrêa Gondim Filho, em audiência pública em outubro de 2020, na Câmara dos Deputados. Para minimizar este cenário, a concessionária investiu em constantes melhorias e, nos últimos meses, realizou uma série de ações para continuar levando água tratada e de qualidade.

Com a redução drástica dos níveis de água do Rio Bento Gomes, a concessionária colocou em prática o plano emergencial de enfrentamento à crise hídrica. Aumentou a vazão da captação e disponibilizou também caminhões-pipa a fim de transportar água tratada para a população. Além da captação superficial, outros 17 poços compõem o sistema de abastecimento, atendendo a 8.705 economias de água da área urbana de Poconé.

Novas bombas e mais investimentos em tecnologia

Instalação de novas bombas para a captação de água nos poços são outras medidas do plano de contingência.

Por meio da metodologia de passagem do PIG, um dispositivo utilizado para limpar e inspecionar a adutora, a concessionária fez a limpeza interna da rede adutora de água da captação do Rio Bento Gomes. O objetivo é retirar as sujeiras e impurezas acumuladas nas paredes internas da tubulação, aumentando a produção de água, para que a população tenha mais água tratada nas torneiras.

Novas bombas foram instaladas nos poços localizados nas avenidas Aníbal de Toledo e São Judas, aumentando o volume de produção de água tratada, contribuindo para a eficiência energética e para a conservação do meio ambiente. As melhorias incluem ainda a aquisição de bombas instaladas nas estações elevatórias de água tratada. Os novos equipamentos proporcionam maior segurança no controle da operação.

Estudos para novas fontes de água

Uma das soluções da Águas de Poconé é perfurar poços para aumentar a oferta de água.

A fim de identificar as áreas mais adequadas para perfuração de novos poços tubulares profundos no município, a Águas de Poconé realizou estudos geofísicos em vários pontos da cidade. A iniciativa faz parte do plano de contingência que a concessionária desenvolve desde o ano passado a fim de garantir água tratada de qualidade para a população.

O trabalho foi realizado por uma equipe técnica contratada e especializada que incluiu geólogos, engenheiros, químicos ambientais e técnicos em perfuração. A equipe contou com equipamentos de última geração, garantindo assim a execução das atividades dentro dos padrões técnicos e da legislação vigente, buscando desenvolver as ações com competência, segurança e, acima de tudo, preservando o meio ambiente e os recursos naturais.

A geóloga e coordenadora de Meio Ambiente da Águas de Poconé, Bruna Sampaio, explica que o objetivo é avaliar e garantir a disponibilidade de água dos poços perfurados na região. “Estamos reunindo esforços na busca por alternativas para ampliar a nossa capacidade de produção de água bruta e tratada para o abastecimento da cidade, aumentando a segurança hídrica e operacional. Nossa meta é oferecer para os moradores estruturas produtoras de água que passam por um processo rigoroso de planejamento e execução, que gera uma água de qualidade para atender a todos com eficácia e segurança”, assegura.

Monitoramento contínuo

A distribuição da água em toda a cidade é monitorada constantemente por meio do Centro de Controle Operacional (CCO) e técnicos trabalham em turnos que viabilizam 24 horas de atendimento por dia para manter a regularidade dos serviços. “Nossa atuação é buscar soluções que promovam a melhoria contínua de todos os nossos processos. Estamos empenhados em oferecer cada vez mais um abastecimento seguro e um serviço de qualidade para os moradores”, assegura a supervisora da Águas de Poconé, Patrícia Bastos.

“Vejo que estão trabalhando firme para garantir isso”, destaca Rinaldo Alves de Abreu, morando em Poconé há 55 anos. Se diz satisfeito com o atendimento da equipe da concessionária. Roberta de Castro, que reside há apenas oito meses na cidade, também. “A empresa sempre foi prestativa comigo. Acredito que os investimentos que a Águas de Poconé vem realizando vão atender as nossas demandas”, afirma a moradora.

Pular para o conteúdo