Modelo híbrido de trabalho promove integração com qualidade de vida

Modelo híbrido de trabalho promove integração com qualidade de vida

Depois das lições aprendidas com a COVID-19 no mercado corporativo e com as transformações tecnológicas dos últimos anos, o modelo de trabalho híbrido tem sido a aposta mais significativa das empresas. Foi também a escolha da Aegea ao mudar seu centro administrativo.

Mais do que seguir uma tendência, a Aegea priorizou fortalecer o relacionamento entre pessoas, áreas e unidades. A flexibilidade no trabalho se tornou um diferencial competitivo, um ponto importante para atrair, reter e engajar colaboradores. Com o formato híbrido, há maior otimização do tempo e integração.

Empresa de pessoas para servir pessoas

“A empresa cresceu muito desde a pandemia, quando foi instituído o formato home office, então divulgar a forma Aegea de ser, nossa cultura, no formato híbrido, vai ser melhor. A proximidade, a troca, os comportamentos, será mais rápido, mais produtivo para todos. Somos uma empresa de pessoas feita para servir pessoas”, afirma Claudia Piunti, diretora Administrativa da Aegea.

“Essa parte presencial é o melhor dos mundos, aumenta a integração, tanto entre o time quanto entre outras áreas. Além disso, fica mais visível que por trás de cada gráfico e de cada planilha elaborada pelo CAA existem pessoas. Ver parte delas reunida, com essa expectativa de uma nova fase, está sendo bem interessante. É uma continuidade do trabalho que começou na outra sede, vai continuar e se fortalecer cada vez mais”, afirma Denise Galdino, analista de RH Pleno.

“Prezamos muito a questão do presencial, como liderança entendemos que a produtividade aumenta, até no cafezinho a gente está se relacionando, trocando, resolvendo problemas. Ao invés de um e-mail você levanta e vai até a mesa da pessoa. Tínhamos essa visão que, estrategicamente, precisávamos voltar ao trabalho presencial, por isso adotamos o formato híbrido, dois dias presencial e o restante em home office”, diz David Freitas, gerente de Planejamento de Processos e Inovação do CAA.

Mais equilíbrio entre vida profissional e pessoal

A qualidade de vida dos colaboradores também foi levada em conta pela Aegea ao optar pela mudança da sede do CAA de Santa Bárbara d’Oeste para Indaiatuba, pois cada vez mais as pessoas estão buscando o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional.

“Nem titubeei, ao contrário, comemorei a mudança do CAA. morando perto do trabalho ganhamos muito em qualidade de vida. E a troca de cidades vai beneficiar a minha família, em Indaiatuba tem uma infraestrutura melhor também para minha esposa e meus dois filhos”, conta David.

Facilidade de resolver os desafios com mais agilidade

A integração entre as áreas é a primeira resposta de quase todos os colaboradores do CAA. Para Mariana Aleixo, da área de Suprimentos, responsável por compras, a facilidade de resolver os desafios com mais agilidade é um dos maiores destaques da nova sede.

“No presencial você vai na mesa de um, conversa com outro, fica mais ágil. Esse relacionamento é importante também para áreas mais técnicas, relacionamento entre os pares, ninguém faz sozinho”, afirma.

Proximidade com fornecedores

“Como compradora eu dependo da área financeira para pagar o fornecedor, da área técnica para fazer uma especificação com qualidade e para que eu possa abordar o meu fornecedor de uma forma melhor, então uma área se entrelaça com a outra. Ao comprar um produto, vendemos a imagem da Aegea para um fornecedor, por exemplo, para que trabalhe com a gente”, diz.

Outra melhoria apontada por ela é a proximidade com os fornecedores, pois muitos são de São Paulo. “A proximidade com a cidade trouxe essa facilidade. Além disso, o híbrido é perfeito, ele vai trazer agilidade, mas não deixando de ter o conforto e praticidade do home office, pois todo mundo gostou do formato”, finaliza.

Formação profissional e inovação

“Está sendo incrível estar aqui, voltar a fazer parte de tudo isso, dessa inovação que a gente está tendo, não só de espaço, mas também de formação profissional, muito bacana esta experiência. Nós precisamos desse contato. Minha expectativa é de um avanço muito grande por meio da troca de conhecimento entre as pessoas”, conta Patrícia Silva, analista contábil que atua com impostos diretos, da Controladoria.

Nova sede superou as expectativas

“Está sendo muito legal, superou minhas expectativas. Ficou um lugar muito moderno, muito diferenciado do que era em Santa Bárbara d’Oeste, aqui tem uma estrutura mais dinâmica, fora essa vista linda que tem, né? Minha torcida é que a Aegea cresça cada vez mais. Bola para frente”, afirma Jonathas Fernandes, analista contábil.

“Quando você fica 100% home office é um pouco solitário, apesar do contato pelo Teams, mas no presencial é mais interessante, você se sente mais integrado com a empresa, com a equipe”, afirma.

Interação entre as equipes

“A interação com as outras equipes está sendo o melhor da nova sede. Estávamos um pouco afastados com o home office, com a vinda para cá, conseguimos maior interação. É um ponto forte e o espaço promove condições para isso. O time contábil é bem grande aqui na Aegea e estar perto faz toda a diferença, afirma Lucas Carvalho, analista contábil.

Ambiente agradável

Para a analista da área Fiscal, Lucimara Maia dos Santos, a nova sede impressionou pelo espaço e ambientação. “Além da integração entre as áreas, que já está acontecendo, pois pelo Teams é mais frio, mais distante, aqui os relacionamentos vão se fortalecer, com certeza. Gostei bastante do ambiente, é iluminado, a gente se sente muito bem, dá vontade de estar aqui”, afirma.

“Quando estamos perto, com a equipe, no presencial, a gente se sente até mais acolhido”, complementa (à esquerda na foto acima).

Resultados positivos para toda a empresa

“Além de proporcionar uma integração entre as várias áreas, das equipes, o trabalho presencial vai repercutir positivamente para toda a empresa. A expectativa é muito grande, estamos vibrando com a mudança. Além disso, a nova sede é linda!”, conta Nathalia Forato, analista administrativa da área de Dados Mestres.

Novas oportunidades

Para o coordenador da área Fiscal, Luciano de Oliveira, a nova sede traz a percepção e a expectativa de novas oportunidades com a expansão da empresa. Facilita também a discussão dos assuntos mais complexos que são comuns entre várias áreas. “Além do crescimento, a Aegea está em outro nível de profissionalismo, continua avançando conforme o mercado está exigindo, mostra o preparo da equipe para assumir novos desafios e este espaço será bacana para nosso desenvolvimento, vai proporcionar essa integração maior”, diz

Pular para o conteúdo