Mudanças estratégicas fortalecem diversidade e ampliam atuação

Mudanças estratégicas fortalecem diversidade e ampliam atuação

Na abertura da Semana da Mulher Aegea 2024, a demonstração do fortalecimento do programa Respeito Dá o Tom estava na presença e nas palavras do CEO Radamés Casseb, da VP de Gestão de Pessoas, Márcia Costa, e do presidente do Instituto Aegea, Édison Carlos.

Foram unânimes em afirmar a importância que as questões voltadas às temáticas sociais, de gênero e de diversidade têm para a companhia.

“Dedicar uma semana, desejando que vire um mês e que essa temática esteja cada vez mais presente em nossas reuniões, metas e várias tratativas para que seja mais um canal de solução e oportunidades. Fico orgulhoso de estar participando desse momento em que as lideranças da companhia ocupem o seu lugar de fala com a intensidade adequada para essa transformação”, disse o CEO Radamés Casseb, na live de abertura.

“Nossa reflexão constante é como abrimos espaço para que essas mulheres ocupem seus territórios, não só na empresa, mas na vida social, profissional, familiar e na sociedade como um todo. A presença do Radamés e do Édison na Semana da Mulher vem com esse olhar de inclusão, para que possamos evoluir e ser uma empresa cada vez mais inclusiva”, afirmou Márcia Costa, vice-presidente de Gestão de Pessoas. 

Comitê Executivo de Diversidade

Para que elas ganhem ainda mais relevância, uma série de ações já estão sendo realizadas, como o fortalecimento do Comitê Executivo de Diversidade.

Formado por profissionais de várias áreas e localidades da Aegea, tem a responsabilidade de apontar caminhos de melhoria para os processos de atração, desenvolvimento e retenção de talentos, principalmente de mulheres e negros.

“Um esforço que reafirma os compromissos da empresa nessas temáticas, tão importantes para consolidar a liderança da Aegea no setor e no país”, afirma Édison Carlos.

Uma programação tão diversa quanto a atuação das mulheres

As estratégias adotadas pela Aegea vão desde ações de reconhecimento, feitas não só durante a Semana da Mulher, quanto capacitações por meio da Academia Aegea e parcerias, que incluem formação profissional com diversas abrangências, e outras oportunidades para desenvolvimento.

O Programa Respeito Dá o Tom, criado em 2017 com o objetivo inicial de espelhar a demografia da população brasileira no quadro de colaboradores, se tornou um dos aliados mais importantes para a inclusão social. Atua por meio de três pilares de atuação: Empregabilidade, com foco na geração de oportunidades; Desenvolvimento dos colaboradores; e Relacionamento, com a sensibilização dos colaboradores por meio da abordagem de pautas e ações sobre diversos temas.

“É para contribuir para que mais histórias como essas possam ser contadas que estamos fortalecendo ainda mais o Respeito Dá o Tom, um programa que já tem seis anos de atuação e reconhecimento do mercado. Com a mudança estratégica, damos continuidade ao processo de aprimoramento contínuo dos processos voltados às temáticas sociais, de gênero e diversidade”, diz Keilla Martins, do RDT.

Reconhecendo talentos

“Quantas histórias interessantes estamos conhecendo esses dias! Celebrar a Semana da Mulher evidenciando as lideranças femininas da Aegea e reconhecendo os talentos das nossas colegas de companhia, é um marco para as boas práticas para fortalecer a equidade de gênero na empresa”, diz Marina de Castro Rodrigues, coordenadora de Sustentabilidade.

Segundo ela, um trabalho que tem se intensificado a cada ano e as demonstrações do compromisso da Aegea estão em vários programas e ações realizadas.

Pular para o conteúdo