Aegea vai atender mais de 6 milhões de pessoas em 317 cidades do RS

Aegea vai atender mais de 6 milhões de pessoas em 317 cidades do RS

A Aegea assinou no dia 7 de julho, em conjunto com fundos de investimento geridos pela Perfin e pela Kinea, o contrato de aquisição da Corsan, a  Companhia Riograndense de Saneamento. Com isso, passa a atender a 317 municípios – de um total de 497 – do Rio Grande do Sul. 

Com a aquisição, a companhia, que já opera a Parceria Público-Privada Ambiental Metrosul em nove municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre, expandirá a sua base de clientes atendidos para mais de 6 milhões de pessoas, pouco mais da metade da população do Estado.

Mais saúde, dignidade e qualidade de vida por meio do saneamento

O investimento previsto para o funcionamento e qualificação da infraestrutura de abastecimento de água e expansão do sistema de esgoto totalizará R$ 15 bilhões até 2033. Mesmo prazo estabelecido pelo Marco Legal do setor para a universalização dos serviços de saneamento no Brasil. 

A principal meta será a ampliação do atendimento da população com coleta e tratamento de esgoto, que deve saltar dos atuais 20,1% para 90% até 2033.

Mais saúde, dignidade e qualidade de vida por meio do saneamento

“A assinatura do contrato expande significativamente a atuação da Aegea no Rio Grande do Sul, levando mais saúde, dignidade e qualidade de vida para as pessoas por meio do saneamento básico. Neste primeiro momento, vamos realizar uma grande mobilização durante os primeiros 100 dias”, afirma Radamés Casseb, CEO da Aegea.

Divididas em três eixos de atuação, as ações iniciais concentram a entrega de um pacote de 356 intervenções, contemplando os 317 municípios atendidos; a ativação do Plano Litoral, com o objetivo de implantar um novo sistema de tratamento de esgoto no Litoral Norte; e os primeiros passos do Plano de Resiliência Hídrica.

Expansão da rede de esgoto será principal investimento

Para Leandro Marin, vice-presidente da Regional 2 da Aegea, “o principal investimento a ser feito é a expansão da rede de esgoto, mas a companhia também tem foco no combate à insegurança hídrica e seus impactos, como a falta d’água, a intermitência do abastecimento e outros problemas crônicos de diversas regiões do Estado”, destaca.

A Aegea acredita que parte da solução para levar saneamento a todos os brasileiros passa pela execução de investimentos que resultem em benefícios diretos à população, que vão além dos compromissos contratuais, na busca pelo desenvolvimento socioeconômico do país.

Pular para o conteúdo