Águas do Rio contrata moradores de comunidades

Águas Rio

A Águas do Rio (RJ) já está transformando a vida de moradores que vivem em regiões de baixa renda, levando saneamento e dignidade por meio dos serviços de água e esgoto.

Desde o início de novembro, a concessionária amanhece dentro de comunidades como a da Mangueira e Barreira do Vasco, levando novas redes de distribuição e cadastrando a população para que seja beneficiada pela tarifa social.

Melhorias feitas pelos moradores contratados

Outra boa notícia é que as melhorias são feitas por moradores que moram nessas localidades. Um deles é o Bruno César, de 41 anos, da Mangueira, e recém-contratado para o programa Vem com a Gente. Além de feliz pela oportunidade de ter um emprego, de trabalhar com saneamento, ele vê na empresa a possibilidade de crescimento profissional.

Compromisso social

O compromisso social está no DNA da concessionária. Por isso, mais da metade das 5 mil contratações diretas será de moradores de comunidades, dando a primeira oportunidade de trabalho formal para muitas pessoas. É o caso da assistente social Pâmela Fagundes. Ela conseguiu o primeiro emprego com carteira assinada em sua área de formação.

“Esse olhar da empresa é muito importante para quem vive à margem das oportunidades. É uma porta que se abre e que agora me faz acreditar que é possível ter uma chance de crescer profissionalmente”, diz Pâmela. Ela espera servir de inspiração para que outros também sigam por esse caminho.

Diferencial da Águas do Rio

Flavio Faria, recém-contratado como analista administrativo, compartilha o mesmo pensamento. Aos 22 anos, o morador da Rocinha possui curso técnico em administração e planeja iniciar a faculdade no próximo ano. Para ele, muitas pessoas capacitadas não são contratadas pelo simples fato de morarem em comunidades.

“Eu vi na Águas do Rio este grande diferencial”, vibra o jovem, que será a primeira pessoa da família a ingressar no ensino superior. Pâmela e Flavio estão entre as mais de 1.700 pessoas já contratadas pela concessionária, que assumiu os serviços de água e esgoto em 27 municípios, sendo 124 bairros da capital.

Valorização da mão de obra local

A contratação de moradores de favelas chamou a atenção da mídia e diversas reportagens têm sido feitas sobre o assunto. Uma das premissas do processo seletivo é a valorização da mão de obra local, como forma de contribuir para o desenvolvimento regional e de ter colaboradores atuando próximo às suas residências.

Com oportunidades para pessoas com diferentes níveis de escolaridade, a Águas do Rio segue com o processo seletivo em andamento para atuação em todos os municípios em que atua. Os interessados devem entrar no site aguasdorio.com.br e clicar em “Carreiras”, onde terão acesso a material sobre a empresa e poderão inserir seus dados.

Pular para o conteúdo