Glocal Experience faz do Rio palco para discutir o futuro do planeta

Glocal Experience

Existe um grande desafio para que a Agenda 2030, conjunto de ações indicadas pela Organização das Nações Unidas (ONU) com foco no desenvolvimento sustentável global, avance. A Aegea vem desenvolvendo vários projetos e ações nesse sentido.

Atingir as metas é um desafio que envolve mudanças profundas e definitivas. Para que aconteçam, é fundamental a participação e o compromisso de diversos setores, incluindo governos, iniciativa privada, universidades, instituições e a sociedade em geral.

Para estimular o debate e reforçar a importância do trabalho em conjunto, entre os dias 09 e 17 de julho se realiza a Glocal Experience, na Marina da Glória, Rio de Janeiro, um evento que tem o apoio da Aegea por meio do Instituto Aegea e da Águas do Rio.

A programação conta com intervenções artísticas e culturais, música, cinema, tecnologia e espaços de discussões. Tudo para promover a escuta e o diálogo horizontalizado. Em julho, o evento terá a Expo, a Conferência e é quando começa o processo de Escuta Social.

A conferência

Inspirada na visão e no trabalho de vários líderes que estão fomentando campos de cooperação dos mais variados setores para conseguirmos avançar nos objetivos propostos.

O painel de abertura da Conferência, em 13 de julho, terá a participação de Adam Kahane, reconhecido como um dos principais líderes contemporâneos de conflitos de processos de paz e união entre nações e povos.

Ao seu lado estará Ilona Szabó, cientista social brasileira e empreendedora cívica, fundadora do Instituto Igarapé, em 2011, e integrante do Conselho Consultivo de Alto Nível do Secretário-Geral da ONU sobre multilateralismo eficiente.

Os temas estão divididos em quatro eixos fundamentais: Água & Sociedade, Clima & Sociedade, Energia & Sociedade e Resíduos & Sociedade.

Édison Carlos, presidente do Instituto Aegea e diretor de Sustentabilidade da Aegea, participa em “Desafios e oportunidades para a segurança hídrica no Brasil”, em 14 de julho. O diretor-presidente da Águas do Rio, Alexandre Bianchini, vai debater o tema “Universalização do saneamento no Rio de Janeiro”, no mesmo dia.

A Expo

Ampla, a Expo tem várias vertentes. O Aquário, um espaço em formato aconchegante para juntar em uma mesma roda de conversa os anônimos e os agentes de transformação reconhecidos pela mídia e, assim, conectar os desafios reais com a possibilidade de transformar a maneira como vemos os ODS.

A Arena de Diálogos, um palco-arena intimista com mediadores midiáticos, empreendedores e inovadores sociais e agentes de transformação que atuam na linha de frente e representam grupos sociais minoritários. Todos os dias, um debate trará desafios da sociedade e exemplos de superação.

Entre as áreas do Pavilhão e Promenade da Marina da Glória estarão instalados 17 cubos em larga escala representando cada um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, os ODS. Medindo 2,5 metros cada, terão uma das faces grafitadas ao vivo ao longo dos dias de programação do evento.

Para chamar atenção sobre a questão de gestão de resíduos e reciclagem, o espaço será também tomado pela “Onda de Resíduos”, instalação que remete a uma onda do mar composta de materiais reciclados e imitando as tonalidades azuis/verdes e brancas das ondas, com três metros de altura.

Também na Marina estará a intervenção “Eggcident”. Buscando apresentar de forma lúdica o tema do aquecimento global, o artista holandês Henk Hofstra criou a instalação que traz ovos gigantes estalados e prontos para serem fritos. Em qual panela? O nosso próprio planeta!

Os visitantes da Expo irão encontrar ainda, passeando pelo espaço, o Homem Refluxo, performance do artista Peri Pane. Para conscientizar as pessoas sobre a produção de lixo, ele carrega colado a seu corpo materiais descartados que podem ser reciclados.

O Homem Sustentável, personagem do performer Francesco D´Avila, estará circulando pelo espaço. Carrega em seu corpo um “Objeto Sustentável”, mecanismo de produção de oxigênio construído com um pote médio de vidro com uma planta, terra e uma garrafa que libera sistematicamente gotas de água. A performance quer provocar uma reflexão sobre o impacto provocado pelo homem na natureza.

Agenda de shows

Já estão confirmados a cantora Brisa Flow que mistura rap com cantos ancestrais, jazz, eletrônico e neo/soul; o líder espiritual Txaná Ikakuru, presidente da organização sem fins lucrativos Instituto Yube Inu; o cantor e compositor Marcelo Jeneci; a cantora trans indicada do Grammy Latino, Assucena Assucena; e o cantor Caio Prado.

A agenda também terá performance e oficina da artista plástica e poeta Mana Bernardes e performance e slam com Kimani, que venceu o Slam BR 2019 e representou o Brasil na Copa do Mundo de Poesia Falada na França (La Coupe du Monde de Slam).

A programação da Expo terá atividades para toda a família. Para incentivar a participação de jovens e crianças acontecerão oficinas de horta caseira, de mosaico utilizando microlixo como matéria prima, e de tintas naturais, que conta com elementos da natureza na composição.

Levando as ações da Glocal Experience para o céu, durante a noite acontecerá uma ação com drones, que formarão com suas luzes mensagens e reflexões sobre questões ligadas à água. Haverá ainda o Cinema, com a exibição de nove filmes, seguidos de debates nos fins de semana, realizado em parceria com a Maria Farinha Filmes.

Plataforma online e nas redes sociais

Todo o conteúdo do evento estará disponível em plataforma online e nas redes sociais. As discussões e debates seguem até o final de 2022, quando se encerra o primeiro ciclo da Glocal Experience com a definição de três pactos de convergência de ação envolvendo todos os setores, visando reintegrar e reimaginar territórios rumo a 2030.

Realização

A Glocal Experience continuará suas atividades ao longo dos próximos anos, atuando como um laboratório de inovação social. A ideia é que até dezembro de 2030 com ciclos de eventos alternados.

O evento é um projeto integrante da Agenda Rio 2030, iniciativa da Dream Factory, maior empresa de entretenimento ao vivo do Brasil, com a correalização da Editora Globo e os parceiros oficiais de mídia O Globo, Valor, Extra e CBN. Conta ainda com os apoios do Governo do Estado do Rio de Janeiro, da Prefeitura do Rio, do Instituto Igarapé, do Instituto Água Sustentável tendo a Aegea como patrocinadora por meio do Instituto Aegea e da Águas do Rio.

Resuminho da Glocal Experience

Quando: de 09 a 17 de julho

Onde: Marina da Glória Informações: glocalexperience.com.br

Pular para o conteúdo