Iniciativas do bem reconhecidas no 3º Prêmio Voluntariado Aegea

Iniciativas do bem reconhecidas no 3º Prêmio Voluntariado Aegea
Texto: Daniele Brito, Isabel Monteiro e Rosiney Bigattão

“Até ontem, este espaço aqui era inútil, onde as pessoas jogavam lixo e não respeitavam o lugar da forma como ele merece. Estamos mudando a fisionomia e a destinação dele”, disse Vilmar Ferreira, secretário de Meio Ambiente de Ariquemes (RO), na época da construção da praça.

A fala representa bem o significado das ações de voluntariado promovidas pelos comitês das unidades da Aegea nos diversos estados onde a empresa atua. Pelo terceiro ano, as ações que contribuem para que o trabalho voluntário seja um valor dentro da empresa são reconhecidas e premiadas.

Dos 20 projetos inscritos, três foram premiados na terceira edição do Prêmio Voluntariado Aegea. São ações realizadas entre 1 de novembro de 2022 a 29 de outubro de 2023. A avaliação segue os critérios de impacto com a comunidade, articulação, qualidade e diversidade das atividades.

“A premiação reconhece a atuação de cada um dos voluntários que, ao longo do ano, doam seu tempo e seu talento em prol do outro. O prêmio coroa o Programa de Voluntariado da empresa e é a perfeita tradução do nosso lema: juntos vamos além”, afirma a especialista de RS da Aegea, Thais Morais Benchimol.  

Voluntários transformam local abandonado na Pracinha Zona Sul

Pelas mãos dos voluntários da Águas de Ariquemes e parceiros do projeto, onde havia abandono existe uma praça com gramado, areia para as crianças brincarem e muito espaço para o convívio social.

“Eu sou bem envolvida com as crianças aqui do bairro e essa praça é uma alegria muito, muito grande, nossa, vocês não imaginam o tanto”, disse Sabrina. “Nossos filhos terão uma área de lazer, para estudos bíblicos e outras atividades, mais”, disse o seu Lara.

Ajudando a comunidade a escrever a sua história

Coordenado pelo Comitê de Voluntariado da Águas de Ariquemes, a Pracinha Zona Sul envolveu o trabalho de 45 pessoas. Os resultados se amplificam cada vez mais entre o bairro inteiro e a região do entorno – é a força do voluntariado ajudando a comunidade a escrever suas histórias.

“O Programa Voluntariado traz a oportunidade de conhecer nossos talentos e potencializá-los da melhor maneira, escrevendo histórias junto à comunidade, fazendo a diferença, com importantes contribuições tanto na esfera econômica como na social e ambiental para uma sociedade mais coesa, por meio da construção da confiança e da reciprocidade entre as pessoas”, disse Tânia Olinda Lima, analista de Projetos Sociais da Aegea.

“Da nossa gente”: movimentando a economia local

As cores, a variedade e a qualidade que podiam ser vistas nos trabalhos expostos na ação “Da nossa gente” demonstravam a riqueza do artesanato em Timon. A iniciativa de reunir as peças e as fotos em uma exposição na praça valorizou a cultura e o artesanato local.

Mas a Águas de Timon foi além e promoveu também palestras sobre empreendedorismo e marketing, levando conhecimento e movimentando a economia de pilãozeiros, quebradeiras de coco babaçu e rendeiras. Participaram da ação 27 artesãos, mas toda a cidade foi beneficiada com a iniciativa dos 36 voluntários da concessionária.

Valorização e incentivo também para quem faz

“Ser voluntário é contribuir com a causa social e fomentar o desenvolvimento local, fazendo com que os colaboradores se sintam valorizados pela dedicação ao trabalho realizado com a ação”, destaca Gabriel Barbosa, gerente de Responsabilidade Social e Voluntário da Águas de Timon.

Para ele, o voluntariado é um movimento que estimula os participantes a perceberem o seu papel enquanto cidadãos, transformando a comunidade. “Da nossa gente” foi uma ação de fortalecimento também para o grupo de artesãos do Centro de Artesanato Raimundo Nonato de Souza.

Acolhimento com novas oportunidades

Pelo terceiro ano, a Águas de Manaus é reconhecida no Prêmio Voluntariado Aegea. Neste ano, a concessionária concorreu com o projeto “Criando Oportunidades”, realizado em setembro deste ano, no Instituto Social Acolher para Proteger.  A unidade também conquistou o Aplaude, em 2023.

A ação premiada na Aegea envolveu mais de 30 colaboradores voluntários que ofereceram serviços como curso de encanadores voltado para o público feminino, oficina do primeiro emprego, leitura para crianças, reforço escolar, teatro de fantoches, além de pintura do prédio onde funciona o instituto.

Ao todo, foram atendidas cerca de 120 pessoas da comunidade. Além dos serviços, os voluntários também contribuíram com a organização de uma feijoada, doando as iguarias e vendendo os ingressos.  O dinheiro arrecadado foi repassado aos responsáveis do instituto para custear as despesas administrativas.

As ações são uma forma de aproximar a empresa da comunidade e de estimular a prática de fazer o bem ao próximo. “A premiação vem como forma de reconhecimento de todo trabalho que realizamos ao longo do ano e serve como estímulo aos nossos voluntários e voluntárias. Esse movimento é muito importante e confirma o crescimento do voluntariado da Aegea”, afirma o gerente de Responsabilidade Social da Águas de Manaus, Semy Ferraz.

Mais sobre a premiação

As ações premiadas foram divulgadas em live no dia 5 de dezembro que contou com a participação de representantes de toda a empresa. A síntese apresentada dos oito projetos finalistas mostrou como o Programa Voluntariado se fortalece a cada ano, com ações cada vez mais abrangentes e voltadas às necessidades dos moradores das cidades atendidas. O evento de premiação também lembrou sobre o Prospera – Um Movimento pelo Cuidado com a Vida, realizado em 2023 em cinco cidades: Barra do Garças (MT), Campo Grande (MS), Crato (CE), Manaus (AM) e São Francisco do Sul (SC). “O Prospera tem como espinha dorsal o Programa de Voluntariado, então reconhecemos e valorizamos também essa participação”, disse Lisandre de Assis Dauber, coordenadora de RS da Aegea.

Pular para o conteúdo