Líderes comunitários conhecem resultados de investimentos

Líderes comunitários conhecem resultados de investimentos
Texto: Joana Gall

Todos os meses, a Águas de Bombinhas (SC) reúne gestores e colaboradores da unidade e líderes comunitários por meio do Afluentes, programa de relacionamento da Aegea, para debater as principais questões do saneamento da cidade.

A primeira reunião de 2024 foi virtual e os representantes da comunidade conheceram dados sobre o abastecimento durante o verão e o projeto de esgotamento sanitário de Bombinhas.

Investimentos e melhorias

O coordenador de operações da concessionária, Lucas Nogueira, relembrou os investimentos e as melhorias feitas na captação de água bruta. Reforçou a complexidade das obras que tornaram Bombinhas independente em relação ao abastecimento.

“É importante lembrar que nossa adutora tem 27 quilômetros de extensão e passa por dois municípios, além de Bombinhas, que são Porto Belo e Tijucas”, explicou.

Segundo ele, nos estudos realizados para a implantação do sistema, ficou constatado que os mananciais mais próximos não teriam capacidade de vazão suficiente para atender à população de inverno e verão do município.

Aumento de 13% no abastecimento

Com os investimentos feitos, o abastecimento de água tratada entre os dias 15 de dezembro (2023) e 15 de janeiro (2024), cresceu mais de 13% em relação ao mesmo período do último ano. “Isso porque as altas temperaturas, dias de sol e fluxo de turistas impulsionou o maior consumo”, explicou.

Durante o encontro, o coordenador explicou ainda as etapas da obra de esgotamento sanitário. Respondeu ao questionamento do morador Eduardo Campos, que queria saber sobre a nova estação de tratamento de esgoto.

A nova ETE será construída no bairro José Amândio e a previsão é que até o final do ano a estrutura esteja pronta e em operação.

Mais sobre o Afluentes

O programa, implantado em todas as unidades da Aegea, que acontece também por meio de reuniões presenciais, já se tornou uma ação tradicional nas quatro concessionárias de Santa Catarina. É o momento de apresentar o trabalho realizado na cidade e tirar dúvidas da comunidade, além de fortalecer laços, promover orientações e ações de conscientização.

“Uma mensagem muito importante que destacamos em todos os encontros é o uso consciente da água e a reservação adequada em todos os prédios, casas e comércios. É fundamental que os moradores se preocupem com isso, pois em caso de possível manutenção da rede de abastecimento, o impacto para os moradores são minimizados”, disse Alex Schwabe, responsável pelo Afluentes nas unidades de Santa Catarina.

Pular para o conteúdo