Professores fazem a diferença e movimentam vidas com a matemática

Professores fazem a diferença e movimentam vidas com a matemática

A Olimpíada de Professores de Matemática do Ensino Médio no Brasil (OPMBr), idealizada por um grupo de engenheiros da Turma 89 do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), tem o objetivo de reconhecer o trabalho dos 10 melhores educadores da disciplina no Brasil. 

O evento, realizado de forma remota em 27 de março, premiou 67 professores com medalhas, dos quais 48 na categoria Bronze, 9 na categoria Prata e 10 na categoria Ouro.

Intercâmbio internacional e realização de 50 workshops

Os professores que conquistaram a medalha de ouro farão, em setembro, um intercâmbio internacional de capacitação técnica e cultural de 15 dias no Centro de Educação para Professores da Unesco (TEC Unesco) na Universidade Normal de Xangai, na China

Depois da viagem de intercâmbio na China, o próximo passo será a realização de 50 workshops – cada um dos professores premiados ministrará cinco – em 50 cidades brasileiras a serem definidas em parceria com o Ministério da Educação.

Escolas: formação de mentes brilhantes e pessoas conscientes

Reforçando o seu compromisso com a educação, a Aegea é uma das patrocinadoras da OPMBr. “Estamos muito felizes em fazer parte desta iniciativa, que celebra uma das profissões mais nobres que existe: a do professor”, disse o CEO da Aegea, Radamés Casseb.

“Apoiar este projeto reforça esse nosso compromisso de deixar um legado por meio do pilar da Educação. As escolas formam não apenas mentes brilhantes, mas também pessoas conscientes, que são fundamentais para o constante desenvolvimento do nosso país”, complementa.

Formação de novos talentos

A companhia tem iniciativas promovidas pelo Instituto Aegea – que tem como foco gerar impacto e prosperidade compartilhada por meio das melhores práticas socioambientais, especialmente nas áreas de meio ambiente, saúde, geração de renda e educação, fundamental para a formação de novos talentos e para o desenvolvimento socioeconômico no país.

“Fazer parte desse movimento patrocinando a Olimpíada de Professores de Matemática, agrega e reforça todo o esforço que a companhia tem feito no pilar da Educação”, afirma Édison Carlos, presidente do Instituto Aegea. O processo de avaliação dos professores participantes incluiu três etapas: um simulado, uma apresentação em vídeo ilustrando o trabalho desenvolvido na sala de aula, na escola e na comunidade, e uma entrevista final com os membros do Conselho Acadêmico da OPMBr, que contou com a participação do professor Cristovam Buarque.

Pular para o conteúdo