Rede de esgoto do Crato vai beneficiar 16 mil pessoas até final do ano

Rede de esgoto do Crato vai beneficiar 16 mil pessoas até final do ano
Texto: Kamila Macedo

A Ambiental Crato (CE) chega à marca de 120 dias de operação com resultados positivos já em 2022. A concessionária promove melhorias no sistema de esgoto desde agosto, quando iniciou a atuação na cidade. 

Até o final do ano, mais de 16 mil pessoas terão acesso ao serviços de saneamento, garantindo um salto dos atuais 3% para 16% da coleta e tratamento de esgoto. 

Uma nova estação de tratamento de esgoto

Para isso, a Estação de Tratamento de Esgoto Seminário, com capacidade para tratar até 32 litros de esgoto por segundo, será inaugurada ainda em 2022. 

Os trabalhos também incluem obras de interceptores no bairro conjunto Vitória Nossa, bem como melhorias e retrofit de redes que já estão implantadas.

Desde a chegada da empresa na cidade, foram investidos mais de R$ 4 milhões em melhorias de redes, revitalizações de ETEs, urbanização, novas tecnologias, equipamentos e capacitação das equipes. 

Tudo isso, para garantir maior eficiência operacional. A perspectiva para 2023 é continuar ampliando o sistema, cumprindo as metas estabelecidas no contrato de concessão com o poder concedente.

População é a grande aliada do trabalho 

A empresa faz reuniões frequentes com a comunidade para apresentar as ações, os benefícios e a importância da conexão à rede de esgoto. Além disso, os moradores de regiões vulneráveis estão sendo cadastrados na Tarifa Social, que concede até 50% de desconto na fatura de água e esgoto.

As lideranças comunitárias ganharam um papel de destaque na nova forma de relacionamento da Ambiental Crato com a cidade. Mais de 80 líderes de diversos bairros da cidade integram o Programa Afluentes, que criou um elo entre comunidade e a concessionária.

“Desde que iniciamos nossa operação no Crato, temos trabalhado de forma muito próxima da população, por meio dos nossos canais de atendimento e programas. Acreditamos que, para prestar um bom serviço, é preciso estar próximo da população”, explicou a diretora-presidente, Carolina Serafim.

Para ela, os líderes são profundos conhecedores de suas comunidades e conseguem trazer as demandas de onde moram. “Eles nos repassam esses dados e a equipe dá um tratamento diferenciado. Ter uma comunicação constante com as comunidades é a nossa forma de trabalhar”, diz.

Vem Com a Gente

Um mês após iniciar os trabalhos na cidade, a Ambiental Crato colocou na rua um de seus principais projetos de relacionamento, o Vem com a Gente. Em dois meses, foram feitos aproximadamente 900 atendimentos de forma itinerante, cerca de 500 clientes realizaram negociações de dívidas e mais de 3 mil instalações de hidrômetro foram realizadas. 

O equipamento contribui para um sistema de abastecimento de água mais moderno, eficiente e sem desperdícios. A dona Joana D’arc, moradora do bairro Seminário agradeceu a visita da equipe e colhe resultados positivos com o novo equipamento. “Eu não tinha cuidado com o consumo. A água tem que ter controle também”, contou ela, que é moradora há mais de 20 anos.

Desafio de elevar os índices de saneamento

“Hoje, somente 3% de todo esgoto gerado é tratado, e isso tem impactos na saúde e no meio ambiente. Desde o início da operação, tivemos todo o cuidado de entender a situação das estações para garantir que estivessem aptas a receber e tratar o esgoto. Então, nossas equipes têm identificado o que precisa ser melhorado, do ponto de vista urbanístico e tecnológico. A ETE Seminário recebe investimento elevado, pois será a estação com maior vazão. Afinal, esgoto bem tratado é o meio ambiente bem cuidado”, afirma o diretor-executivo da Ambiental Crato, Renee Chaveiro.

Pular para o conteúdo