Respeito ao meio ambiente gera inclusão social

Respeito ao meio ambiente gera inclusão social

O Beco Nonato foi a primeira área de palafitas em Manaus a receber instalação de redes de esgoto, em um projeto pioneiro que levou em consideração as especificidades de cada uma das mais de 180 residências. A água dos igarapés embaixo das casas já está mais limpa e têm peixes.

O trabalho foi realizado no segundo semestre de 2022, com conclusão em dezembro do mesmo ano. Mais de 900 moradores do Beco agora têm acesso ao sistema de coleta e tratamento de esgoto. Uma força-tarefa com aproximadamente 30 colaboradores da empresa atuou no projeto. 

O esgoto coletado no Beco Nonato percorre cerca de três quilômetros de tubulações até a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Educandos, onde passa por todos os processos de tratamento e desinfecção, antes de ser devolvido para o Rio Negro. 

Saneamento é destaque na Semana do Meio Ambiente

A Águas de Manaus recebeu a visita de representantes da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA). Na ocasião, a comitiva da ANA conheceu o projeto desenvolvido no Beco Nonato. 

“Estou muito emocionada em ver toda a mudança que a operação da concessionária está fazendo na vida dessas pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade e que agora tem acesso ao básico, que é viver em um lugar onde sua água e seu esgoto são tratados. Tudo isso é um ganho de dignidade para essas famílias”, destacou a diretora-presidente substituta da ANA, Ana Carolina de Castro.“Hoje trouxemos os membros da ANA para conhecer o Beco Nonato. O projeto é um sucesso e agora estamos expandindo para outras áreas. Com isso, as pessoas ganham qualidade de vida e dignidade, e o meio ambiente começa a passar por transformações de recuperação”, ressaltou Diego Dal Magro, diretor-presidente da Águas de Manaus.

Pular para o conteúdo