80 km de rede de esgoto em um ano

Homens trabalhando

Campo Grande recebeu cerca de 80 quilômetros de rede nova de coleta de esgoto apenas em 2021. A cidade avança como capital referência em saneamento básico no Brasil. Por meio da atuação da Águas Guariroba (MS), mais de 80% dos imóveis já contam com o serviço de coleta e tratamento de esgoto.

Rumo à universalização destes serviços, as obras avançam em bairros que recebem melhorias de infraestrutura da prefeitura municipal. No último ano, a rede chegou às regiões de sete bairros da cidade. Aproximadamente 6,7 mil imóveis foram beneficiados, passando a contar com os serviços de coleta e tratamento de esgoto.

Mais obras de saneamento

Neste ano, mais 60 quilômetros de rede nova estão no cronograma de obras da Águas Guariroba. As ações da concessionária seguem acompanhando o cronograma de obras de infraestrutura do município: a rede de esgoto é implantada após a implantação da tubulação de drenagem urbana e antes da pavimentação das vias.

Conforme Murilo Siqueira, gerente de engenharia da empresa, as obras de implantação da rede de esgoto utilizam de Método Não Destrutivo (MND) durante a execução. Entre as vantagens da técnica está o uso de máquinas com menor impacto ambiental.

Além disso, as equipes seguem as conformidades das leis de sustentabilidade, e sendo uma ótima solução para as obras que envolvem as redes de esgoto em qualquer região.

Benefícios do saneamento

A população já sente os benefícios do saneamento.  De acordo com o Instituto Trata Brasil, o saneamento traz inúmeros benefícios para as cidades e para a população. Um deles é a melhora dos indicadores de educação, visto que com acesso a estes serviços, há redução nos índices de atraso escolar.

Outro é a valorização imobiliária, já que um imóvel conectado à rede de esgoto pode ter seu valor elevado em quase 14%. Aumenta a geração de emprego e renda e há redução de doenças, principalmente as doenças de veiculação hídrica.

Pular para o conteúdo