Aegea debate soluções transformadoras em evento histórico da ONU

Aegea debate soluções transformadoras em evento histórico da ONU

A Conferência da Água da ONU, em Nova York, entre os dias 22 e 24, com uma série de eventos paralelos, foi um evento histórico. Pela primeira vez em quase 50 anos, a água ganhou papel estratégico. 

Foi considerada um bem comum a toda a humanidade, apontada como um elemento fundamental para a paz, para a segurança da vida no planeta e para a conquista da tão necessária segurança climática.

O presidente do Instituto Aegea e diretor de Sustentabilidade do grupo, Édison Carlos, representou a empresa no dia 24 em uma das conferências do Pacto Global da ONU no Brasil: “Repensando a governança da água no Brasil, foco na crise climática e na agenda de cooperação pela água”.

Oportunidade de debater e viabilizar projetos transformadores

No painel “Agenda de cooperação pela água: oportunidades de progresso e soluções transformadoras”, o presidente do Instituto Aegea apresentou as ações e esforços feitos pela empresa nos temas de resiliência hídrica, combate à perdas de água, recuperação florestal de bacias hidrográficas, entre outros.

“Encontros assim são decisivos para viabilizar projetos transformadores alinhados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs) da própria ONU, já que reúnem líderes empresariais, de organizações e do setor público”, afirmou Édison Carlos.

Foi uma oportunidade de mostrar as ações da Aegea nesse contexto. Do painel, participaram o diretor-presidente da Sabesp, André Salcedo; Verônica Sánchez da Cruz Rios, diretora-presidente da ANA, Luiz Gabriel Todt de Azevedo, executivo sênior de Sustentabilidade e ESG do Banco Interamericano de Desenvolvimento, e Teresa Vernaglia, da BRK Ambiental.

Pular para o conteúdo