Prêmio Inovação Aegea reconhece as ideias que movimentam vidas

Formatura da primeira turma do MBA em Saneamento da Aegea e FGV
Texto: Rosiney Bigattão

É com inovação que a Aegea tem avançado, ampliando o alcance do seu atendimento e se tornou referência em saneamento no país. Com a contribuição de ideias inovadoras, passou de seis cidades atendidas em dois estados em 2010 para as 505 atuais, distribuídas em 14 estados. De 780 colaboradores, hoje são mais de 17 mil.

Mostrando esse panorama, o vice-presidente de Relações Institucionais, Rogério Tavares, mostrou a relevância que a Aegea destaca para a inovação. “A Aegea tem que se reinventar a cada dia e o Prêmio Inovação é de suma importância para que, além do crescimento conquistado, a empresa possa entregar o que as pessoas esperam dela nas cidades atendidas”, disse.

Programas inovadores que movimentam a Aegea

O VP lembrou ainda alguns programas inovadores que têm trazido impactos positivos, como o Vem Com a Gente, que se tornou um mecanismo efetivo de inclusão sanitária, capaz de viabilizar o acesso aos serviços pelas populações mais vulneráveis.  O VCG foi reconhecido no Prêmio Guardião da Água, realizado em Dubai, durante a COP28.

Outro programa citado na live do Prêmio Inovação Aegea, realizada na manhã desta terça-feira, 19 de dezembro, foi o Infra Inteligente, que tem o maior volume em levantamento de ativos em saneamento do país.

Rogério Tavares lembrou como a inovação tem ajudado em questões como a segurança hídrica e proteção de nascentes. “Para trabalhar com água, você tem que plantar água”, afirmou o VP, se referindo aos programas desenvolvidos pela Aegea. “São ações abrangentes, estamos indo além dos nossos contratos, pois somos profissionais além da conta”, disse.

Inovação para universalizar o saneamento

O diretor de Inovação e Parcerias Estratégicas da Aegea, Maurício Endo, enfatizou durante o evento online como inovar tem ajudado a empresa a cumprir o seu papel. “Não só por meio da inovação incremental, mas também pela disruptiva, é que vamos conseguir nos transformar, incrementar nosso negócio para atingir a universalização do saneamento, que é o grande desafio”, afirmou.

Inspiração para o futuro e habilidades profissionais valorizadas

Para incentivar o pensamento inovador, a cerimônia de premiação foi encerrada com a palestra de Vinicius Scarpa, CEO da Inventta, consultoria de Estratégia & Inovação. “Convido a todos a olharem para o futuro e se questionarem qual o papel que querem ter nesse mundo em constante transformação”, indagou. Mostrou que o futuro não é só tech e que cada vez mais o trabalho é visto como propósito de vida.

O palestrante apontou ainda que as habilidades mais valorizadas hoje são o pensamento criativo, pensamento analítico, alfabetização tecnológica, curiosidade e aprendizagem ao longo de toda a vida, flexibilidade, resiliência e agilidade. Muitas delas fazem parte dos comportamentos desejados na cultura da Aegea, que estão na mandala da empresa.

As boas ideias do 7º Prêmio Inovação Aegea

Boas ideias que já estão ajudando a empresa em diversas unidades do país na busca da universalização, participaram do 7º Prêmio Inovação Aegea, Ao todo, foram inscritos 178 projetos. Deles, 78 passaram para a segunda fase, dos quais foram escolhidas as 12 equipes finalistas. Foram premiados os três melhores projetos em duas categorias: Gestão e Processos e Eficiência Operacional.

Os critérios de análise foram relevância do problema; inovação e diferenciação; viabilidade e escalabilidade. Participaram da comissão julgadora o time de Inovação, especialistas técnicas e os líderes do MOA, o Modelo Operacional Aegea. A live que divulgou os vencedores foi conduzida pelo gerente de Planejamento, Processos e Inovação, Fábio Augusto da Silva Souza, e pela analista Graziele Vella Pinter.

Equipe da Águas Guariroba ficou em 1º lugar nas duas categorias

Formada por Carlos Cesar Oliveira Araujo Filho, Isabelle Cristina da Silva Bena e Lucas Amarilla Saucedo, a equipe da Águas Guariroba (MS) ficou em primeiro lugar nas duas categorias da premiação.

Em Gestão e Processos, venceram com Chatbot Operacional – Informações dos Centros de Controle, chamado de AIA. E na categoria Eficiência Operacional, o projeto vencedor foi Telemetria em Rede Colaborativa, os Hidrômetros Inteligentes.

2º lugar em Gestão e Processos

O projeto Chatbot de Atendimentos ao Cliente Multiplataformas – Corsan Atende ficou em segundo lugar na premiação na categoria Gestão e Processos. A equipe da Corsan Aegea (RS) é formada por Jonas Kneip Araujo, Felipe da Silva Malta e Deise Macalai Lanot.

2º lugar em Eficiência Operacional

Otimização da Correção de Coordenadas das Ligações Presentes na Base Cadastral (GSS) Utilizando Python e GIS  foi o projeto vencedor do segundo lugar em Eficiência Operacional. Outra premiação para a Águas Guariroba (MS), com Ronaldo Lisboa Gomes, Gyovanna Pereira de Almeida e Bianca Santiago Lima na equipe.

3º lugar em Gestão e Processos

Novo Método de Coleta de Amostras e Mapeamento de Clientes, Gerando Receita através do Monitoramento e Cobrança de DBO Lançada na Rede ficou em terceiro lugar na categoria Gestão e Processos. De Renato Ozorio Vilela.

3º lugar em Eficiência Operacional

Algoritmo de Detecção de Fraudes e Priorização de Serviços, venceu em terceiro lugar na categoria Eficiência Operacional. Desenvolvido por Marco Aurelio Pedroza da Silva Filho, João Pedro Gomes dos Santos Xavier e Leonardo Pacheco da Silva.

Pular para o conteúdo