Voluntariado já é um programa consolidado na Águas Guariroba

Voluntariado já é um programa consolidado na Águas Guariroba

Desde que se formou, em 2005, a jornalista Bia Rodrigues, sabia que sua vocação estava no voluntariado. Junto com amigos, distribui alimentação aos moradores de rua e participa de ações voluntárias na igreja que frequenta. 

No trabalho, também se dedica ao voluntariado. Coordena a área de Responsabilidade Social da Águas Guariroba e ajudou a fazer do Prospera – Um Movimento pelo Cuidado com a Vida um evento de sucesso.

Contribuir com o que temos de melhor

“Em um dia, 80 voluntários se uniram aos parceiros para atender as 800 pessoas que participaram do evento. Foram cerca de 30 serviços gratuitos oferecidos à população”, afirma a coordenadora de RS da Águas Guariroba. 

“Ser voluntária é poder contribuir com outra pessoa com aquilo que você tem de melhor, seja fazendo uma doação ou dedicando seu tempo em uma atividade que vai beneficiar quem precisa receber”, diz ela. 

Pertencimento e engajamento

Segundo Bia Rodrigues, o Comitê de Voluntariado da Águas Guariroba é muito ativo, participa das decisões. “Fazemos reuniões mensais para decidir quais as ações que serão feitas e como serão executadas. Essa participação gera mais pertencimento, o engajamento é maior e o resultado é mais transformador tanto para quem recebe como para quem faz”, conta.

A cada atendimento, os voluntários renovam o compromisso em contribuir com a transformação de outras pessoas. “Cuidar das pessoas é uma experiência única, eu gosto de fazer parte, de sentir que estou ajudando as pessoas, contribuindo com a transformação da sociedade”, diz o analista Administrativo de Operações da Águas Guariroba, Wilson Pugliesi. 

Atendimento à comunidade indígena foi destaque

Para Wilson, o mais marcante no Prospera foi o atendimento para a comunidade indígena Novo Dia, do Bairro Santo Mônica. “Eu trabalho mais no escritório, então as ações de voluntariado são engrandecedoras, tem uma proximidade muito grande com os moradores, é uma doação do nosso tempo para levar também alegria para quem precisa”, afirma ele.

Pular para o conteúdo