Diretor da Aegea é um dos finalistas do Prêmio Executivo de TI do Ano

Diretor da Aegea

O Prêmio Executivo de TI do Ano reconhece os líderes e executivos que fazem a diferença em seus setores. O objetivo é valorizar o trabalho dos que conquistaram os melhores resultados de tecnologia em suas áreas de atuação.

A premiação, uma das mais importantes do segmento, reconhece também os projetos desenvolvidos e como as ferramentas empregadas ajudaram as organizações a serem bem-sucedidas. Afinal, o uso da tecnologia é um dos principais instrumentos para que uma empresa se torne competitiva.

Escolha de um time de jornalistas e especialistas

Para o prêmio de 2022 foram inscritos 464 projetos, sendo 347 de Chief Information Officers (CIOs) e executivos de tecnologia. Os outros 117 eram de Chief Executive Officers (CEOs), presidentes, sócios, Chief Marketing Officers (CMOs) ou líderes de vendas da indústria.

Da final, participaram 96 profissionais em 15 diferentes categorias, sendo 12 de mercado e cinco da indústria. Para a escolha dos vencedores, um time de jornalistas e especialistas considerou a capacidade dos executivos de aliar gestão, liderança e conhecimento em projetos de tecnologia.

Categoria Vantagem Competitiva

Eduardo Mendes, diretor de TI da Aegea, ficou entre os três finalistas na categoria Vantagem Competitiva – Faturamento acima de R$ 5 bilhões, a  categoria mais competitiva e da qual participaram as maiores empresas brasileiras. Foi a primeira vez que um profissional da Aegea participou.

Formado na Universidade Mackenzie, com pós na Fundação Getulio Vargas e MBA na Fundação Vanzolini, Mendes tem certificação em Transformação Digital pelo MIT, o Massachusetts Institute of Technology. Há um ano, voltou a fazer parte da Aegea, maior empresa do setor privado de saneamento.

“Uma empresa fantástica que tem em seu DNA um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, o ODS 6, que é o de garantir a disponibilidade e a gestão sustentável da água tratada e do saneamento para todos”, afirma Eduardo Mendes.

Além do desafio de modernizar as empresas do grupo, no primeiro ano de atuação na Aegea, o executivo participou da criação da Águas do Rio, formada após a vitória do leilão da Cedae. A empresa opera em 27 cidades do Rio de Janeiro, atendendo a mais de 10 milhões de pessoas.

Esforço do time de TI da Aegea

“Começamos praticamente do zero e em 6 meses implementamos todo o landscape de tecnologia necessário para a operação, desde a aquisição de equipamentos até a implementação de mais de 50 sistemas”, conta Eduardo.

Tudo isso foi feito ao meio da pandemia. “Essa realização nos trouxe uma enorme vantagem competitiva, permitindo entrarmos em operação três meses antes do previsto”, diz ele.

O esforço de todo o time de tecnologia da Aegea resultou no reconhecimento pelo IT Forum. “Uma realização incrível por ser apenas o primeiro ano desta transformação e nossa primeira participação”, afirma o executivo.

Mais sobre a premiação

O Prêmio Executivo de TI do Ano é realizado pela IT Mídia desde 2001 e, neste ano, contou com o apoio da britânica PageGroup. Todos os vencedores receberão uma consultoria individualizada com a empresa especialista em desenvolvimento de carreiras e pessoas. A lista dos líderes reconhecidos de 2022 na noite do dia 16 de março, durante o IT Forum Ibirapuera, em São Paulo.

Pular para o conteúdo