Aegea reúne liderança para reconhecer feitos e focar em metas

Aegea reúne liderança para reconhecer feitos e focar em metas

Aegea volta a se reunir presencialmente e, durante os dias 24 e 26 de maio, líderes das unidades da empresa em todo o país estiveram em Campinas para reconhecer os grandes feitos do ano passado e focar nas metas para o futuro.

Foram três dias de intensa programação, com muito conteúdo. Houve também apertos de mãos, abraços e encontros. Muitos profissionais, apesar do contato frequente de forma online, estavam lado a lado pela primeira vez. Com isso, a vontade de conversar e trocar experiências deu o tom do evento. 

Momentos de encontros

“Que bom te encontrar!”, foi a frase mais ouvida entre as apresentações e palestras. O encontro aconteceu também no palco – o tempo todo as pessoas eram convidadas a dar sua opinião e a compartilhar experiências no evento conduzido pela diretora de Gestão de Pessoas, Fabianna Strozzi.

“A ideia é ter um alinhamento de toda a estratégia que deve permear o trabalho da liderança no dia a dia. O desafio é transformar conteúdo em conceitos práticos para as operações, por meio dos líderes, que vão exercitar tudo o que foi apresentado durante o encontro”, afirma Vanessa Favareto, da Academia Aegea.

Um diálogo constante

O CEO, Radamés Casseb, e a vice-presidente de Gestão de Pessoas, Márcia Costa, fizeram a abertura. Ele falou sobre as conquistas, o crescimento e maximização de performance. Abordou também a cultura da empresa, com sua missão, visão e valores, além dos pilares e focos estratégicos. 

Foi uma conversa: o tempo todo, dialogando com os presentes, gerando reflexão. Ao falar sobre os últimos anos, olhou também para o futuro: “Aonde vocês querem estar daqui a dez anos?”. 

Talentos da Aegea

Para ajudar nas respostas, a VP Márcia Costa, lembrou dos cinco talentos da Aegea, que vêm impulsionando o crescimento da empresa. São eles: profissionais além da conta, mestres em brasicidades, embaixadores da saúde, agentes da dignidade e engenheiros da ordem. 

A VP afirmou que é preciso que todos continuem a se desafiar rumo a um amadurecimento constante. Uma das ferramentas é a Jornada de Liderança, com o Programa Evoluir, que  está sendo desenvolvido em parceria com a FGV e a Korn & Ferry. 

Márcia lembrou ainda sobre a pauta de EHS, que traz a importância de todos nos cuidados diários “Nada é tão urgente em nossas rotinas que não possa ser feito com segurança”.

Reconhecimento aos profissionais além da conta

Um dos momentos marcantes do evento foi a homenagem aos profissionais que comemoram mais de dez anos de empresa. “São mentores, pessoas que são referência no que fazem, na nossa cultura”, afirmou a VP Márcia Costa.  

“É o momento de reconhecermos os profissionais que fazem a diferença no nosso dia a dia”, se referindo não só aos que estavam ali, mas aos mais de 11 mil colaboradores da Aegea.

“Na primeira reunião que fizemos, a liderança se resumia a uma mesa como essas que vocês ocupam hoje. Foi aquela sementinha que gerou a essência do que somos hoje”, disse o CEO Radamés Casseb.

“São pessoas sempre prontas para ajudar, incentivando, acreditando, nos impulsionando a seguir. Nossos agradecimentos por tudo o que passou e pelo que ainda virá”, completou Radamés.

Os trainees também foram chamados ao palco. Duas turmas de jovens talentos se encontraram ali no palco do evento, uma que acaba de se formar e outra que está sendo capacitada para assumir a liderança da Aegea. 

Importância da cultura para gerar prosperidade

Convidados internos e externos fizeram palestras sobre a importância da cultura para a prosperidade dos negócios. E também foi mostrada a jornada de evolução por meio dos investimentos em pessoas que a companhia tem feito ao longo de sua trajetória.

Entraram em pauta Novos Negócios, com Yaroslav Memrava Neto, diretor da área. Ele mostrou a jornada da Aegea que, focada em eficiência operacional, atuando em pequenos municípios, construiu uma base sólida para o crescimento.

Yaroslav abordou ainda como a empresa chegou ao patamar atual e as novas fronteiras de negócios. Para falar de uma delas, os resíduos sólidos, Yaroslav contou com a contribuição de Franklin Willmeyns e Rafael Negrão Rossi. 

Estrutura de capital e amadurecimento

O vice-presidente de Finanças e de Relações com Investidores, André Pires, falou sobre o amadurecimento da companhia, estrutura de capital, gestão de caixa e eficiência. 

Foi uma verdadeira aula de como a empresa conseguiu crescer por meio de disciplina financeira. “Infraestrutura é o como e não o fim, pois Aegea conseguiu expandir serviços e, ao mesmo tempo, crescer no EBITDA“, disse.

Modelo Operacional Aegea e fornecedores

A diretora de Gestão, Fernanda Bassanesi, participou do evento para apresentar a relevância dos pilares e novos gestores no MOA, o Modelo Operacional Aegea

Cláudia Piunti, diretora Administrativa da empresa,  abordou o tema Cadeia de Fornecedores. Mostrou que garantir a universalização é também olhar para o mercado global de suprimentos.

Inovação, parcerias, governança e licença social para operar

Maurício Endo, diretor de Inovação e Parcerias Estratégicas, e Eduardo Mendes, diretor de Tecnologia, falaram sobre os avanços e expectativas para o futuro em seus setores.

Governança: Ética e Integridade como Alicerce da Nossa Cultura foi o tema da palestra que encerrou o segundo dia do encontro. Ficou a cargo de Ana Paula Carracedo, diretora de Integridade, e Percival Gratti Junior, diretor de Auditoria, Riscos e Controles Internos. 

Licença social para operar, a LSO, e a jornada do cliente Aegea foram temas para  Fernanda Abdo Saad, diretora de Marca, Comunicações e Pesquisa da Aegea, e Guilherme Paschoal. Flávio Ferrari, professor da ESPM e criador do Hub SocialData, falou sobre “Licença Social e outras histórias do futuro”. 

Depois de palestras e participações inspiracionais, como a de Flávio Ferrari, a VP Márcia Costa encerrou o evento. Veja na  matéria a seguir os bons exemplos que vêm das unidades da Aegea, também mostrados durante o encontro.

Fotos: Fernanda Wechter

Pular para o conteúdo