Concessionárias se mobilizam para ajudar moradores de Petrópolis

Campanha Petrópolis
Texto: Janaína Novelino

Com as fortes chuvas desde a segunda quinzena de janeiro no município de Petrópolis (RJ), a Prolagos, a Águas do Rio e a Inter TV, todas no Rio de Janeiro, retomaram a campanha Fluxo do Bem.

Criada inicialmente para ajudar moradores da Região Serrana e Noroeste do estado no mês de janeiro, foram arrecadados mais de 8 mil donativos, distribuídos às prefeituras de cada localidade.

Apoio às famílias e na reconstrução da cidade

Agora o movimento Fluxo do Bem está em Petrópolis em apoio às ações do Governo do Estado na reconstrução da cidade e no acolhimento das pessoas atingidas pela tragédia, a maior já registrada na cidade.

A Águas do Rio (RJ) e a Prolagos (RJ) enviaram caminhões com 17 mil garrafas de água potável e três mil itens, entre roupas, calçados e materiais de higiene e limpeza. Também foram cedidos retroescavadeiras e caminhões pipa para auxiliar na reconstrução do município.

Maior catástrofe na história de Petrópolis

“Essa foi a maior chuva que atingiu Petrópolis desde 1932. Foram quase 300 mm de água em duas horas e meia. Quando chegamos vimos um verdadeiro cenário de guerra, mas como a chuva deu uma trégua, conseguimos avançar bastante com a limpeza do município. Infelizmente, são muitos óbitos confirmados, mas temos mais de 20 vidas resgatadas e o Corpo de Bombeiros e Defesa Civil trabalham dia e noite para que possa haver novos salvamentos. Também temos recebido apoio de muitas empresas e é fundamental essa mobilização para nos auxiliar nesse momento tão difícil”, explica o secretário estadual de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Matheus Quintal.

Minimizar as perdas

O objetivo agora é minimizar as perdas das famílias. E apoiar nesse momento tão difícil. As vias ficaram completamente alagadas, houve deslizamento de encostas e imóveis foram soterrados. Muitos moradores estão desabrigados ou desalojados.

Segundo dados do Corpo de Bombeiros, de 21 de fevereiro, o rastro de devastação nas ruas do município deixou 181 mortos. Dezenas de pessoas ainda estão desaparecidas.

Mobilização para ajudar

Doações Petrópolis

“Estamos mobilizados. Ativamos nossas lojas de atendimento como ponto de coleta de doações. Petrópolis pode contar com a nossa solidariedade e todo o suporte necessário”, diz Alexandre Bianchini, diretor-presidente da Águas do Rio.

A campanha está recebendo produtos de higiene pessoal e de limpeza, garrafas de água mineral, alimentos não perecíveis, roupas e calçados em condições de uso imediato. O material pode ser entregue nas lojas das concessionárias Águas do Rio e Prolagos (veja abaixo)

Despertando a solidariedade

Além de todos os equipamentos e doações, as concessionárias da Aegea também enviaram uma equipe ao município para avaliar de perto as necessidades da população para que possam oferecer ajuda estratégica para o Governo do Estado.

“É urgente nos unirmos para oferecer o apoio necessário para essas pessoas que estão enfrentando momentos tão difíceis. Esperamos despertar a solidariedade para que todos se mobilizem para fazer as doações”, ressalta Pedro Freitas, diretor-presidente da Prolagos e diretor-superintendente da Águas do Rio no Interior.

Outras parcerias

O movimento já ganhou reforços. Além da Inter TV, a campanha tem as parcerias do Cabo Frio Convention & Visitors Bureau, do movimento Mulheres do Brasil do Rio de Janeiro, e Sola Construtora, de Petrópolis. 

“Acreditamos na união de esforços de empresas, governo e sociedade civil para resolver grandes desafios. Trabalhamos assim na Campanha Unidos pela Vacina e temos orgulho dos resultados que conquistamos juntos”, comenta Ariane Trevisan Fiori, do Mulheres do Brasil do Rio de Janeiro.

“Nossa atuação na Região dos Lagos vai além da atividade turística e conseguimos reunir pontos de coleta em diferentes cidades. Ajudar é uma forma de aliviar a dor causada pela tragédia”, ressalta Maria Inês Oliveros, presidente do Cabo Frio Convention & Visitors Bureau.

O grupo Sola Construtora disponibilizou logística de armazenamento e distribuição para as famílias atingidas. “Moramos em Petrópolis e fomos diretamente afetados por essa tragédia. Vendo toda essa mobilização, não poderíamos ficar de fora. Percebemos que muitos querem ajudar, mas faltava estratégia, por isso, oferecemos a sede da nossa empresa para acondicionar os materiais e vamos utilizar nossa estrutura para operacionalizar a entrega dos donativos”, explica o presidente da companhia, Sauro Sola.

Veja todos os pontos de arrecadação de donativos disponibilizados pelo Fluxo do Bem aqui.

Pular para o conteúdo